Tabela Simples Nacional 2018 Receita Federal

O Simples Nacional, regime tributário que estabelece tratamento diferenciado para microempresas e empresas de pequeno porte, passou por uma série de mudanças, que entraram em vigor no início de 2018.

Tabela Simples Nacional 2018
Tabela Simples Nacional 2018 Receita Federal (Foto: Reprodução internet)

Com a chegada do ano novo, passaram a valer novos limites de faturamento, alíquotas progressivas (conforme o faturamento) e a entrada de novas atividades no Simples, entre outras alterações.

De acordo com especialistas, as novas regras do Simples 2018 ajudam a corrigir distorções do tratamento diferenciado às empresas de pequeno porte e microempresas, eliminando problemas que poderiam levar pequenos empresários a pagar a mesma carga tributária de uma empresa que fatura R$ 78 milhões anuais, por exemplo.

Mudanças no Simples 2018

Entre as mudanças no Simples Nacional para 2018, um dos destaques é o novo teto de faturamento, que passa a ser de R$ 81 mil por ano para os Microempreendedores Individuais (MEIs) e de R$ 4,8 milhões anuais para as microempresas interessadas em se enquadrar nesse regime tributário.

Simples 2018 mudanças
As mudanças no Simples vão afetar muitas empresas (Foto: Pixabay)

O Simples 2018 também alterou as faixas de faturamento (agora são seis e não mais 20) e a forma de cálculo das alíquotas (veja as novas tabelas abaixo), além de reformular os anexos (algumas atividades passam a ser tributadas em anexos diferentes dos anteriores).

Destaque também para a mudança em relação à importação e exportação. Agora, as firmas de logística internacional contratadas por empresas do Simples podem realizar suas atividades de forma simplificada e por meio eletrônico, o que impacta diretamente nos custos dos serviços aduaneiros.

Novas atividades

As novas regras em vigor desde o dia 1º de janeiro passaram a permitir a inclusão de mais atividades no conhecido regime tributário que possibilita recolher impostos em uma única guia.

novas atividades Simples 2018
Pequenos produtores de vinho já podem optar pelo regime tributário simplificado (Foto: Pixabay)

Micro e pequenos produtos de bebidas alcoólicas (cervejarias, licores, vinícolas e destilarias) estão entre os beneficiados, podendo optar pelo Simples se possuírem inscrição no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Novas tabelas do Simples 2018

Veja as novas tabelas do Simples definidas pela Receita Federal.

Anexo I

Empresas de comércio (lojas em geral)

Receita Bruta Total (12 meses) Alíquota Total a descontar do valor recolhido
Até R$ 180.0000,00 4% 0
De R$ 180.000,01 a R$ 360.000,00 7,3% R$ 5.940,00
De R$ 360.000,01 a R$ 720.000,00 9,5% R$ 13.860,00
De R$ 720.000,01 a R$ 1.800.000,00 10,7% R$ 22.500,00
De R$ 1.800.000,01 a R$ 3.600.000,00 14,3% R$ 87.300,00
De R$ 3.600.000,01 a R$ 4.800.000,00 19% R$ 378.000,00

Anexo II

Indústrias, fábricas e empresas industriais

Receita Bruta Total (12 meses) Alíquota Total a descontar do valor recolhido
Até R$ 180.0000,00 4,5% 0
De R$ 180.000,01 a R$ 360.000,00 7,9% R$ 5.940,00
De R$ 360.000,01 a R$ 720.000,00 10% R$ 13.860,00
De R$ 720.000,01 a R$ 1.800.000,00 11,2% R$ 22.500,00
De R$ 1.800.000,01 a R$ 3.600.000,00 14,7% R$ 85.000,00
De R$ 3.600.000,01 a R$ 4.800.000,00 30% R$ 720.000,00

Anexo III

Empresas que trabalham com serviços de instalação, manutenção e reparos; agências de viagem; escritórios de contabilidade; laboratórios; academias; empresas das áreas de medicina e odontologia; e serviços advocatícios

Receita Bruta Total (12 meses) Alíquota Total a descontar do valor recolhido
Até R$ 180.0000,00 6% 0
De R$ 180.000,01 a R$ 360.000,00 11,2% R$ 9.360,00
De R$ 360.000,01 a R$ 720.000,00 13,5% R$ 17.640,00
De R$ 720.000,01 a R$ 1.800.000,00 16% R$ 35.640,00
De R$ 1.800.000,01 a R$ 3.600.000,00 21% R$ 125.640,00
De R$ 3.600.000,01 a R$ 4.800.000,00 33% R$ 648.000,00

Anexo IV

Empresas de serviços de limpeza, obras, vigilância e construção de imóveis

Receita Bruta Total (12 meses) Alíquota Total a descontar do valor recolhido
Até R$ 180.0000,00 4,5% 0
De R$ 180.000,01 a R$ 360.000,00 9% R$ 8.100,00
De R$ 360.000,01 a R$ 720.000,00 10,2% R$ 12.420,00
De R$ 720.000,01 a R$ 1.800.000,00 14% R$ 39.780,00
De R$ 1.800.000,01 a R$ 3.600.000,00 22% R$ 183.780,00
De R$ 3.600.000,01 a R$ 4.800.000,00 33% R$ 828.000,00

Anexo V

Empresas de serviços de auditoria, tecnologia, jornalismo, publicidade e engenharia, entre outros

Receita Bruta Total (12 meses) Alíquota Total a descontar do valor recolhido
Até R$ 180.0000,00 15,5% 0
De R$ 180.000,01 a R$ 360.000,00 18% R$ 4.500,00
De R$ 360.000,01 a R$ 720.000,00 19,5% R$ 9.900,00
De R$ 720.000,01 a R$ 1.800.000,00 20,5% R$ 17.100,00
De R$ 1.800.000,01 a R$ 3.600.000,00 23% R$ 62.100,00
De R$ 3.600.000,01 a R$ 4.800.000,00 30,50% R$ 540.000,00

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *