Programa Progredir: O que é, como funciona

Estimular o aumento de renda dos beneficiários do Bolsa Família é o principal objetivo do Programa Progredir, lançado pelo governo federal, que também promete facilitar a capacitação profissional e a busca por vagas de emprego.

Programa Progredir
Programa Progredir: O que é, como funciona (Foto: Portal Brasil)

Destinado à população de baixa renda, o novo programa do governo federal vai funcionar como uma forma de emancipação do Bolsa Família, visando criar condições para que os participantes do tradicional programa de transferência de renda não necessitem mais do benefício.

Atualmente, a média do benefício pago por família é de R$ 179,00, e com as ações do Programa Progredir o governo pretende ajudar os participantes a aumentarem essa renda mensal consideravelmente, contribuindo para o desenvolvimento social.

Como vai funcionar o Programa Progredir

O Plano Progredir, como o programa também é chamado, contará com ações de capacitação profissional, incentivo ao empreendedorismo e acesso ao mercado de trabalho, entre outras, além de disponibilizar uma linha de microcrédito de R$ 3 bilhões por ano, para os participantes investirem no próprio negócio.

Assim, os beneficiários do Bolsa Família poderão ter meios de garantir a sua própria renda com o decorrer do tempo, até chegar ao ponto de que as famílias não necessitem mais da ajuda dos programas de transferência de renda do governo.

Programa Progredir
Beneficiários do Bolsa-Família estão entre o público-alvo do programa (Foto: Portal Brasil)

Mas de acordo com o governo, nenhum beneficiário será excluído imediatamente do Bolsa Família ou de outro programa, ao aderir ao Plano Progredir. Conforme as regras, quem alcançar renda mensal de até dois salários mínimos mensais continuará a receber o benefício por pelo menos mais dois anos.

E no caso das famílias que deixarem o programa, elas poderão voltar a receber o benefício posteriormente, caso percam a nova fonte de renda.

As ações do programa

Coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), em parceria com os Ministérios da Educação e Trabalho, entre outras pastas, o programa Progredir será dividido entre os seguintes eixos:

  • Qualificação Profissional: a previsão é de ofertar 1 milhão de vagas em cursos gratuitos do Pronatec Oferta Voluntária para mais de 100 mil famílias carentes;
  • Intermediação de mão-de-obra: criação de vagas de emprego específicas para beneficiários do Bolsa Família, com o cruzamento de currículos e oportunidades disponibilizadas por empresas parceiras;
  • Educação Financeira e microcrédito: disponibilização de uma linha de crédito de R$ 3 bilhões e oferta de cursos de educação financeira gratuitos para o público-alvo e também os autônomos.

Com o pleno funcionamento do programa, a expectativa do governo é de que 1 milhão de famílias sejam emancipadas do Bolsa Família nos próximos dois anos, lembrando que atualmente há 13,5 milhões de famílias beneficiadas.

Programa Progredir
Uma das ações do projeto é qualificar os beneficiários (Foto: Pixabay)

Cadastro

O Plano Progredir ainda está em fase de implantação. Os interessados em participar do projeto devem procurar as unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de seu município para buscar todas as informações.

O cadastro para o programa Progredir também poderá ser feito via internet, por meio do site www.mds.gov.br/progredir, onde é possível encontrar maiores detalhes a respeito do projeto.

Quem deseja ingressar no programa precisa ter cadastro no CadÚnico, que reúne informações sobre escolaridade, condições de moradia, situação de trabalho e renda, entre outros detalhes, base de dados que será usada pelo governo para identificar o público-alvo.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *