FIES 2017: entenda como funciona e faça sua inscrição

Ter um diploma universitário que possibilite uma carreira bem-sucedida já foi um sonho acessível apenas para poucos afortunados. Para que mais pessoas tivessem essa oportunidade, o governo federal criou o FIES (Fundo de Financiamento Estudantil), um programa de financiamento voltado para alunos de graduação matriculados em cursos presenciais de instituições pagas.

FIES 2017
Foto – TUNO VIEIRA

No último dia 30 de janeiro, o MEC (MEC) abriu o sistema para solicitação de aditamento de contrato. Ou seja, os alunos que já possuem financiamento devem solicitar a sua renovação, o que deve ser feito sempre semestralmente.

Já para quem vai pedir o financiamento pela primeira vez, o prazo para inscrição será de 7 a 10 de fevereiro. O MEC já adiantou que haverá alterações nas regras, mas é bom já ir se preparando com as regras atuais, que exigem uma série de documentos e têm prazos rígidos.

Você tem direito a participar do FIES 2017?

Os requisitos para solicitar a inscrição são:

  • A renda familiar bruta (antes de descontos, como impostos) per capita máxima deve ser de três salários mínimos;
  • O estudante precisa ter feito o Enem de 2010 em diante, obtido nota mínima de 450 pontos e não pode ter zerado na redação;
  • O aluno não pode já ter um diploma de ensino superior;
  • O aluno deve estar com a matrícula regular na instituição de ensino;
  • O estudante não pode já ser beneficiado pelo Prouni;
  • A instituição na qual está matriculado tem de ser participante do Fies e ter uma avaliação positiva no programa do MEC. Você pode conferir se a sua faculdade está habilitada no site do programa através do link http://sisfiesportal.mec.gov.br/

Como se inscrever no FIES 2017

Se você se encaixa nos critérios acima, chegou a hora de fazer sua inscrição no FIES 2017. Confira abaixo como proceder:

  • Acesse o site do Sistema de Seleção do Fies (FIES Seleção) e siga o passo-a-passo para se cadastrar. Tenha seus documentos pessoais em mãos (CPF, data de nascimento e um endereço de e-mail válido);
  • Em seguida, você tem até 5 dias corridos (ou seja, fins de semana e feriados também contam!) para acessar o SisFIES e informar os dados do seu financiamento. Recomendamos não deixar para a última hora, pois você pode ter de ir atrás de alguma informação e o prazo pode ficar comprometido;
  • Valide as informações na sua instituição de ensino. Pergunte pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA). Toda instituição participante do FIES é obrigada a ter uma CPSA e é ela que fará a validação. Mais uma vez, atenção para o prazo, que, neste caso, é de até 10 dias após a inscrição no SISFies. Ah! Nesse momento você deverá também decidir se fará seu financiamento pelo Banco do Brasil ou pela Caixa Econômica Federal e definir qual agência vai suar.
  • Com as informações validadas, dirija-se à agência escolhida para fazer a contratação do financiamento.

Para contratar o financiamento, você precisará dos seguintes documentos:

  • Documento de Regularidade de Inscrição (DRI) emitido pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento do FIES (CPSA);
  • Termo de concessão ou de atualização do usufruto de bolsa parcial do ProUni, quando for o caso;
  • Documento de identificação;
  • CPF próprio. Caso seja menor de 18 anos de idade não emancipado, CPF do seu representante legal;
  • Se for casado, certidão de casamento, CPF e documento de identificação do cônjuge;
  • Comprovante de residência.
  • Se a sua renda familiar bruta per capita for superior a um salário mínimo, você vai precisar de um ou mais fiadores, que serão a garantia do seu empréstimo. Confira as regras no site do Fies.

Após a concessão do financiamento, o aluno deve pagar trimestralmente uma taxa que varia de R$ 50 a R$ 150, valor correspondente aos juros do financiamento.

O FIES financia até 100% do valor da mensalidade do curso, dependendo de fatores como demanda por financiamento, a situação sócio-econômica do aluno, a região em que ele mora e o curso escolhido. O aluno só começa a pagar o financiamento três anos após a conclusão do curso e os juros são de 6,5% ao ano, o que é bem baixo.

inscricao fies 2017 - FIES 2017: entenda como funciona e faça sua inscrição

Todos os cursos podem ser financiados pelo programa, mas as áreas de saúde, engenharia e formação de professores, consideradas prioritárias, devem ocupar mais da metade das vagas do FIES.

Fique atento às novidades e não perca a chance de concretizar esse sonho!

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *